Protestos contra a Arábia Saudita em Teerã durante a Jornada de Jerusalém

Teerã, 23 Jun 2017 (AFP) - O Irã celebrou nesta sexta-feira a "Jornada de Jerusalém" com diversas manifestações nas quais os participantes gritaram frases contra a Arábia Saudita e o grupo Estado Islâmico (EI), que se uniram ao já tradicional grito de "Morte a Israel".

"A Jornada de Al Quds" (Jerusalém em árabe) é celebrada todos os anos no Irã desde a revolução islâmica em 1979.

O dia, que tem como objetivo apoiar a causa palestina, é também é celebrado pelos aliados do Irã no Oriente Médio.

"Morte aos Saud (família reinante na Arábia Saudita) e ao Daesh (acrônimo em árabe do EI)", "Morte a Israel" e "Morte aos Estados Unidos" foram as frases mais ouvidas durante a manifestação em Teerã.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos