Soldado americano morre em ataque no Afeganistão

Washington, 5 Jul 2017 (AFP) - Um soldado americano foi morto e outros dois ficaram feridos em um ataque na província de Helmand, enquanto participavam de operações contra os talibãs, afirmou um porta-voz militar nesta quarta-feira.

O soldado Hansen Kirkpatrick, de 19 anos e nascido em Wasilla, no Alasca, morreu na segunda-feira após um ataque de "fogo indireto", o que significa que foi alcançado por um morteiro ou outro tipo de disparo.

Os ferimentos dos outros dois soldados não colocaram as suas vidas em risco e estão sendo tratados em uma instalação médica da coalizão, informaram as forças americanas no Afeganistão em um comunicado.

O porta-voz do Pentágono, o capitão Jeff Davis, disse que os soldados estavam realizando operações fora da base com as forças de segurança afegãs quando foram atacados.

Foi supostamente um ataque talibã, explicou. "Não há razão para acreditar que seja outra coisa", disse enquanto detalhava que o incidente ocorreu no distrito de Nawah, em Helmand.

Espera-se que o chefe do Pentágono, Jimm Mattis, apresente ao presidente Donald Trump uma nova estratégia para o Afeganistão, onde parece ter chegado a um ponto morto.

Neste momento há 8.400 soldados americanos no Afeganistão, além de outros 5.000 efetivos da Otan.

Mattis está avaliando enviar tropas adicionais que trabalhem com mais unidades afegãs de combate.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos