PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Coreia do Norte lança míssil que sobrevoa Japão

28/08/2017 19h36

Seul, 28 Ago 2017 (AFP) - A Coreia do Norte lançou nesta terça-feira um míssil que sobrevoou o Japão, informaram militares sul-coreanos.

O "míssil balístico não identificado" foi lançado de Pyongyang às 05H57 do horário local (20H57 GMT de segunda-feira; 17H57 horário de Brasília), segundo o Estado-Maior sul-coreano, acrescentando que ele sobrevoou o Japão.

A Coreia do Sul e os EUA estão analisando conjuntamente para obter detalhes", acrescentou.

Tóquio confirmou que o míssil sobrevoou seu território. O primeiro-ministro, Shinzo Abegarantiu, declarou que seu governo tomará "as medidas necessárias" para garantir a segurança do povo japonês.

O porta-voz do governo do país, Yoshihide Suga, disse que o míssil representa uma "grave ameaça de segurança" para o Japão.

O Pentágono confirmou que a Coreia do Norte lançou o míssil que sobrevoou o Japão, mas disse que não representava uma ameaça para a América do Norte. O míssil foi lançado "nos últimos 90 minutos", declarou o coronel Rob Manning, porta-voz do Pentágono, às 22h00 GMT segunda-feira (6h30 de terça-feira em Pyongyang).

O lançamento ocorre dias depois de Pyongyang disparar três mísseis de curto alcance, o que foi visto como uma provocação após o início dos exercícios militares conjuntos entre Coreia do Sul e EUA.

A trajetória deste lançamento representa uma escalada significativa por Pyongyang, que no começo deste mês ameaçou disparar um míssil para o território norte-americano de Guam.

Todos esses lançamentos passariam pelo Japão.

Quando Pyongyang realizou os dois primeiros testes bem sucedidos de um míssil balístico intercontinental (ICBM), no mês passado, ela os disparou em uma trajetória que evitava o país asiático.

No passado, o Japão prometeu derrubar mísseis ou foguetes norte-coreanos que ameaçassem atingir seu território e implantou seu sistema de defesa de mísseis Patriot em resposta à ameaça de Guam, com um destruidor de vetores Aegis também estacionado no Mar de Japão (Mar do Leste), informaram oficiais e autoridades,

Em 2009, um foguete norte-coreano passou pelo território japonês sem incidentes, desencadeando a denúncia imediata do Japão.

Na época, a Coreia do Norte disse que estava lançando um satélite de telecomunicações, mas Washington, Seul e Tóquio acreditavam que Pyongyang estava testando um ICBM.

sh-slb/rb/cc/lr

Internacional