PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Rússia "extremamente preocupada" com a situação na Coreia do Norte

29/08/2017 06h07

Moscou, 29 Ago 2017 (AFP) - A Rússia afirmou que está "extremamente preocupada" com a situação na Coreia do Norte e denunciou uma "tendência de escalada" na região, depois que o regime comunista lançou um míssil que sobrevoou o Japão.

"Vemos uma tendência de escalada (...) e estamos extremamente preocupados com a evolução geral da situação", afirmou o vice-ministro russo das Relações Exteriores, Serguei Riabkov, citado pela agência estatal RIA Novosti.

Riabkov disse que os exercícios militares conjuntos da Coreia do Sul e dos Estados Unidos, iniciados na semana passada na península coreano, "tiveram um papel ao provocar Pyongyang para realizar um novo lançamento" de míssil.

As manobras anuais, em tese defensivas e que mobilizam milhares de soldados, começaram em 21 de agosto e devem durar duas semanas. A Coreia do Norte lançou nesta terça-feira um míssil balístico que sobrevoou o Japão e caiu no Pacífico.

De acordo com as autoridades japonesas, que denunciaram uma "ameaça grave e sem precedentes", o míssil passou por cima da ilha de Hokkaido (norte) e caiu no Pacífico, 1.180 km ao leste da costa nipônica, sem provocar danos aos aviões ou embarcações da região.

Internacional