PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Forças iraquianas chegam a Al Sharqat, bastião do EI no norte

22/09/2017 07h26

AL-CHARQAT, Irak, 22 Set 2017 (AFP) - As forças governamentais iraquianas chegaram nesta sexta-feira ao centro de Al Sharqat, uma localidade ao norte de Bagdá nas mãos do grupo Estado Islâmico (EI), constataram jornalistas da AFP.

O município fica a 30 km a noroeste do principal alvo das forças iraquianas no norte do Iraque: Hawija, uma localidade que o EI conquistou em junho de 2014.

As forças iraquianas retiraram as bandeiras dos extremistas e obrigaram alguns homens a tirarem suas roupas para comprovar que não escondiam armas, enquanto vários civis dançavam e gritavam de alegria.

A destruição na cidade era pouco importante. O cinegrafista da AFP viu em uma caminhonete os corpos de dois extremistas mortos.

As forças que participam na operação para recuperar Al Sharqat e Hawija são o exército, a polícia federal, as forças de intervenção rápida e as forças paramilitares das Unidades de Mobilização Popular (UMP).

O chefe de operações do setor, o general Abdel Amir Yaralah, informou na quinta-feira sobre conquista de 20 localidades próximas a Al Sharqat.

Três anos depois da ofensiva relâmpago que permitiu que os extremistas se apoderassem de um terço do Iraque e de quase metade da Síria, seu território foi enormemente reduzido.

Além de Hawija, os extremistas controlam ainda três povoados da província de Al Anbar, no oeste do país: Anna, Rawa e Al Qaim, perto da fronteira síria.

Um alto oficial iraquiano da região disse à AFP que as forças iraquianas conquistaram na quinta-feira a cidade de Anna e que continuam com sua ofensiva.

Internacional