Califórnia adianta processo de primárias presidenciais

Los Angeles, 27 Set 2017 (AFP) - O governador da Califórnia firmou nesta quarta-feira uma lei que antecipa as primárias presidenciais de junho para março, para dar mais peso ao Estado com o sexto PIB do planeta.

Com primárias realizadas em junho, a Califórnia - bastião democrata - ficava relegada a segundo plano no processo de arrecadação de fundos e de influência na escolha dos candidatos e dos temas da campanha.

"Nossos eleitores precisam estar à frente e no centro da eleição presidencial", disse o senador estadual Ricardo Lara, que apresentou a lei, aprovada por democratas e republicanos.

A decisão pode ajudar eventuais pré-candidatos da Califórnia, como o prefeito de Los Angeles, Eric Garcetti, e a senadora Kamala Harris.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos