ONU: a condenação de Ratko Mladic é vitória crucial para a justiça

Genebra, 22 Nov 2017 (AFP) - O Alto Comissariado dos Direitos Humanos da ONU saudou nesta quarta-feira a condenação à prisão perpétua do ex-chefe militar dos sérvios na Bósnia, Ratko Mladic, e classificou a decisão de "vitória crucial para a justiça".

"Mladic é a essência do mal. Mladic comandou alguns dos crimes mais sombrios cometidos na Europa depois da Segunda Guerra Mundial", afirmou Zeid Ra'ad Al Hussein, que pertencia à Força de Proteção da ONU para a ex-Iugoslávia entre 1994 e 1996.

Mladic foi condenado à prisão perpétua depois de ser declarado culpado de dez acusações de genocídio, crimes de guerra e crimes contra a humanidade pelo Tribunal Penal Internacional para a ex-Iugoslávia de Haia.

"Por ter cometido estes crimes, a câmara ordenou o senhor Ratko Mladic à prisão perpétua", declarou o juiz Alphons Orie.

bur-shm/jkb/ra.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos