PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Integrantes da Mara Salvatrucha decapitam homem nos Estados Unidos

23/11/2017 06h07

Washington, 23 Nov 2017 (AFP) - Membros da gangue Mara Salvatrucha decapitaram um homem e arrancaram o coração da vítima em um crime executado em Maryland.

O corpo da vítima, que ainda não foi identificado, foi encontrado no dia 5 de setembro com 100 facadas em um buraco em um parque de Wheaton (Maryland), limítrofe com a capital Washington D.C., informou a polícia do condado de Montgomery.

Um juiz determinou a prisão de um dos supostos envolvidos no homicídio, Miguel Ángel López Abrego, de 19 anos.

A imprensa informou que o homem foi decapitado e teve o coração arrancado em um ataque planejado durante semanas e no qual participaram até 10 pessoas.

A Mara Salvatrucha, também conhecida como MS-13, é uma gangue de origem salvadorenha que nasceu nas ruas de Los Angeles na década de 1980 e tem atualmente quase 10.000 membros nos Estados Unidos.

O grupo também atual em El Salvador, Honduras e Guatemala.

O presidente americano, Donald Trump, pediu em julho que a polícia acabasse com o grupo. O procurador-geral Jeff Sessions afirmou em outubro que desmantelar a Mara Salvatrucha é uma "prioridade" do governo.

As autoridades migratórias anunciaram na semana passada a prisão de 214 integrantes do MS-13 entre 8 de outubro e 11 de novembro.

Internacional