PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Trudeau pede reforço no combate à escravidão na Líbia

26/11/2017 15h41

Ottawa, 26 Nov 2017 (AFP) - O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, pediu, neste domingo (26), para a comunidade internacional "fazer mais" para combater a escravização de imigrantes na Líbia.

"O Canadá se recusa a ficar calado diante de tais atrocidades desumanas", disse Trudeau, em uma declaração publicada na página do governo.

"Apesar de estar claro que o governo líbio investiga esta terrível injustiça e que os organismos humanitários lançaram esforços para ajudar as vítimas, falta fazer mais para resolver essa situação", acrescentou.

Um documentário da emissora CNN revelou a existência da venda de imigrantes como escravos perto de Trípoli, provocando uma onda de indignação no mundo.

O primeiro-ministro fez um novo pedido aos "Estados-membros das Nações Unidas para aplicarem e respeitarem o protocolo para prevenir, reprimir e castigar o tráfico de pessoas, sobretudo de mulheres e crianças".

O Governo líbio de União Nacional (GNA) abriu uma investigação.

Internacional