Mais de 50 combatentes curdos e rebeldes pró-turcos mortos em ofensiva turca na Síria

Beirute, 22 Jan 2018 (AFP) - Pelo menos 54 combatentes curdos e rebeldes sírios pró-turcos morreram em três dias de confrontos no noroeste da Síria, onde a Turquia lançou uma ofensiva contra o enclave curdo de Afrin, anunciou nesta segunda-feira o Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH).

"Os ataques aéreos turcos e confrontos mataram 26 combatentes curdos", indicou o diretor da OSDH, Rami Abdel Rahman, que também relatou a morte de 19 combatentes entre os rebeldes sírios apoiados por Ancara.

Além disso, "nove corpos ainda não foram identificados".

Desde sábado, 22 civis também foram mortos nos bombardeios turcos, e duas pessoas morreram em atentados curdos visando territórios sírios controlados pelos rebeldes apoiados por Ancara, de acordo com um novo balanço do OSDH.

Ancara nega visar civis em seus ataques.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos