CIA acredita que Coreia do Norte quer arsenal nuclear 'confiável'

Washington, 23 Jan 2018 (AFP) - O diretor da CIA, Mike Pompeo, assegurou nesta terça-feira (23) que a Coreia do Norte tem a intenção de desenvolver um arsenal "confiável" de armas nucleares para ameaçar os Estados Unidos.

O líder norte-coreano, "Kim Jong-Un, não descansará com apenas um teste bem-sucedido", afirmou Pompeo durante um discurso no American Enterprise Institute em Washington.

"O passo seguinte mais lógico seria desenvolver um arsenal, não apenas um modelo, não somente algo para ostentar", assinalou.

A CIA considera que Pyongyang quer ir mais além de apenas uma ameaça teórica, mas se converter em uma real.

"Está tentando colocar na nossa cabeça a realidade de que pode fazer dano aos Estados Unidos", explicou Pompeo.

"Acreditamos que Kim Jong-Un, levando em conta as ferramentas que tem, irá querer usá-las para coisas que não somente proteger o regime", acrescentou.

A estratégia dos Estados Unidos com a Coreia do Norte passou por endurecer nos últimos meses as sanções e tentar frear seu comércio impondo restrições aos navios que chegam aos seus portos.

"Estamos tomando as medidas que pensamos que deixarão claro para Kim Jong-Un que queremos a desnuclearização. Contamos com o fato de que entnederá. Confiamos nisso", detalhou.

No entanto, o diretor da CIA reconheceu que não sabe se o líder norte-coreano está sendo informado corretamente.

"Estamos preocupados com o fato de que talvez não estejam dando informações boas e precisas. Não é saudável ser um conselheiro experiente (do governo norte-coreano) e transferir más notícias a Kim Jong-Un", destacou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos