PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Turquia pede que Rússia e Irã impeçam ação da Síria em Ghuta Oriental

23/02/2018 09h50

Istambul, 23 Fev 2018 (AFP) - A Turquia pediu nesta sexta-feira à Rússia e ao Irã, os principais aliados do presidente sírio Bashar al Assad, que detenham o regime sírio, cuja aviação bombardeia pelo sexto dia consecutivo o reduto rebelde de Ghuta Oriental, em uma campanha que já matou mais de 400 civis.

"Rússia e Irã devem deter o regime", declarou o ministro turco das Relações Exteriores, Mevlüt Cavusoglu, considerando que a ofensiva em Ghuta Oriental e na província rebelde de Idlib é contrário aos acordos negociados por Ancara, Moscou e Teerã nas discussões de paz de Astana.

Desde domingo, 426 civis, entre eles, 98 crianças, morreram nos bombardeios e disparos de artilharia do exército sírio contra o reduto rebelde de Ghuta Oriental, situado a leste de Damasco.

Internacional