Trump celebra reação 'produtiva' da Coreia do Norte

Washington, 25 Mai 2018 (AFP) - O presidente americano, Donald Trump, comemorou nesta sexta-feira (25) a resposta da Coreia do Norte à sua decisão de suspender uma histórica cúpula marcada para dia 12 próximo, depois que o regime de Kim Jong-un manifestou sua disposição de conversar "a qualquer momento".

"É uma notícia muito boa receber um caloroso e produtivo comunicado da Coreia do Norte", tuitou Trump, um dia depois de sua surpreendente decisão de cancelar as conversas por causa da "hostilidade" atribuída a Pyongyang.

"Logo veremos para onde vamos. Vamos esperar que para uma longa e duradoura prosperidade e paz. Apenas o tempo (e o talento) dirão!", acrescentou.

Pyongyang reagiu comedidamente ao cancelamento, anunciado no mesmo dia em que a Coreia do Norte declarou ter desmantelado "completamente" seu único sítio conhecido de testes nucleares.

O primeiro-vice-ministro das Relações Exteriores norte-coreano, Kim Kye Gwan, classificou nesta sexta como "extremamente lamentável" a decisão de Trump, mas deixou uma porta aberta ao diálogo, reiterando que Pyongyang está disposta a sentar "cara a cara, em qualquer momento e de qualquer forma para resolver o problema".

A cúpula de Cingapura teria sido a primeira entre um presidente americano em exercício e um membro da dinastia Kim, coroando um inédito período de aproximação, mas se anunciava complicada.

Washington exige uma "desnuclearização completa, verificável e irreversível" da Coreia do Norte. Pyongyang deixou claro, porém, que não renunciará a seu arsenal nuclear, enquanto não se sentir segura diante do que considera uma agressão americana.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos