Crise na Itália provoca alta de título de risco e derruba Bolsas

Milão, 29 Mai 2018 (AFP) - O título de risco da Itália, um indicador de confiança econômica, superou 300 pontos nesta terça-feira, ao mesmo tempo que as Bolsas europeias, incluindo a de Milão, operavam em queda de quase 3%, uma consequência da preocupação com a situação política no país.

Há duas semanas o diferencial entre as taxas de juros dos títulos da dívida italianos e alemães era de 130 pontos. Mas na segunda-feira fechou em 235, o maior nível desde novembro de 2013, e na manhã desta terça-feira alcançou 300 pontos.

Ao mesmo tempo, às 9H00 GMT (6H00 de Brasília), as Bolsas registravam quedas expressivas em Milão (-2,65%), Madri (-2,27%), Paris (-1,50%) e Londres (-1,33%).

A Itália aguarda nesta terça-feira a proposta de governo de Carlo Cottarelli, ex-funcionário do Fundo Monetário Internacional (FMI) e defensor da austeridade, que recebeu a missão de formar o Executivo do país.

Cottarelli, no entanto, tem poucas possibilidades de obter o voto de confiança de um Parlamento dominado pelos partidos eurocéticos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos