PUBLICIDADE
Topo

Tailândia retoma busca de turistas chineses vítimas de naufrágio

05/07/2018 23h39

Phuket, Tailândia, 6 Jul 2018 (AFP) - As buscas por dezenas de turistas chineses desaparecidos após o naufrágio de sua barca diante da ilha de Phuket, na Tailândia, foi retomada na manhã desta sexta-feira, informou o governador local, Noraphat Plodthong.

"Realizamos buscas aéreas e enviaremos mergulhadores para examinar o interior da barca Phoneix", anunciou Plodthong.

A barca naufragou na quinta-feira com 105 pessoas a bordo, principalmente turistas chineses, em meio a uma tempestade que provocou vagas de até 5 metros.

O corpo de um homem com colete salva-vidas foi encontrado e 53 pessoas estão desaparecidas.

O naufrágio deixou ainda "onze feridos, dois em estado grave", segundo o governador Plodthong.

Os sobreviventes foram levados na noite de quinta-feira para um prédio de Phuket, e muito permanecem chocados com a tragédia.

Phuket atrai numerosos visitantes estrangeiros, entre eles ocidentais e chineses, que constituem o grosso das 35 milhões de pessoas que devem visitar a Tailândia este ano.

A temporada de monções começou na região asiática, e o país ainda acompanha outro caso que causa comoção: o de 12 crianças e seu treinador que estão presos em uma gruta inundada.