PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Mais de 100 imigrantes derrubam cerca e invadem enclave espanhol de Ceuta

Em Madri

22/08/2018 10h47

Cerca de 115 imigrantes invadiram nesta quarta-feira o enclave espanhol de Ceuta pulando a cerca de arame farpado de seis metros na fronteira com o Marrocos e ferindo vários agentes policiais, informou um porta-voz da delegação do governo local.

Sete guardas de fronteira ficaram levemente feridos por queimaduras por ácido jogado pelos imigrantes, acrescentou a fonte.

"Todo meu apoio às forças de segurança que estão enfrentando de forma exemplar o desafio migratório, especialmente os agentes feridos hoje", tuitou o presidente do governo, o socialista Pedro Sánchez.

Imagens difundidas pelo jornal El Faro de Ceuta mostram jovens africanos festejando por conseguir ultrapassar a cerca, alguns deles agitando bandeiras espanholas ou europeias.

Ceuta e outro enclave espanhol no norte do Marrocos, Melilla, são as únicas fronteiras terrestres da União Europeia com a África.

No final de julho, mais de 600 migrantes entraram na cidade em um dia marcado por confrontos particularmente violentos com as forças de segurança, que foram alvo de ácidos e excrementos.

Desde o início do ano, cerca de 3.100 imigrantes entraram nesses enclaves, segundo a Organização Internacional para as Migrações (OIM).

Além disso, mais de 25.000 imigrantes chegaram por mar à Espanha, que já se converteu na primeira porta de entrada para a Europa, superando a Itália e a Grécia.

Internacional