PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Ex-presidente catalão Carles Puigdemont faz visita surpresa à Escócia

24/08/2018 20h32

Madri, 24 Ago 2018 (AFP) - O ex-presidente separatista catalão Carles Puigdemont chegou nesta sexta-feira (24) em visita surpresa à Escócia, onde vai participar de um colóquio durante o festival "Beyond Borders" (Além das fronteiras), anunciou o Executivo regional da Catalunha.

Trata-se da primeira viagem de Carles Puigdemont desde que ele voltou no fim de julho para a Bélgica, depois que a Justiça espanhola retirou a ordem de captura internacional contra ele.

"Aterrissou na tarde desta sexta-feira em Edimburgo, procedente de Bruxelas", indicou o governo região catalão, que manteve a viagem em sigilo.

Puigdemont participará no domingo à tarde em um colóquio no fórum internacional "Beyond Borders" a convite dos organizadores, segundo o comunicado.

O festival não tinha modificado na noite de sexta-feira o programa em seu site na internet e seguia anunciando que o encontro será com o atual presidente separatista do governo catalão, Quim Torra, muito próximo de Puigdemont.

Destituído logo após da tentativa de separação da Catalunha de 27 de outubro, Carles Puigdemont se instalou em Bruxelas no dia seguinte.

Depois esteve preso na Alemanha e permaneceu retido quatro meses neste país, onde as autoridades judiciais decidiram por fim não autorizar sua extradição para a Espanha por rebelião, mas apenas por malversação.

Diante deste revés, o juiz espanhol encarregado da instrução suspendeu a ordem de captura internacional contra Puigdemont, que conseguiu se reinstalar na Bélgica.

O ex-presidente, que continua tendo um papel político central em meios separatistas, pode agora se deslocar livremente, exceto para a Espanha, onde seria capturado.

Nove dirigentes catalães estão detidos provisoriamente na Espanha por "rebelião" e outras seis personalidades separatistas, entre elas Puigdemont, estão no exterior.

Internacional