PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Putin assegura a Trump que Rússia está 'aberta ao diálogo'

30/12/2018 16h51

Moscou, 30 dez 2018 (AFP) - O presidente russo, Vladimir Putin, assegurou em sua saudação de fim de ano ao seu homólogo americano, Donald Trump, que a Rússia continua "aberta ao diálogo", depois que, durante o ano, não ocorreu a esperada melhoria das relações, indicou o Kremlin neste domingo (30).

"As relações russo-americanas continuam sendo um fator importante para garantir a estabilidade estratégica e a segurança internacional", afirmou um comunicado do presidente russo dirigido a vários líderes por ocasião do Ano Novo.

O presidente russo "confirmou que a Rússia está aberta ao diálogo com os Estados Unidos sobre a maioria das questões", acrescenta o texto.

Apesar das declarações de boa vontade e de um encontro em julho entre Putin e Trump em Helsinque, as relações bilaterais foram tensas em 2018.

No final de novembro, um encontro previsto entre os dois presidentes na Argentina foi cancelado de última hora, em meio a tensões entre Rússia e Ucrânia nas águas da Crimeia e a saída anunciada pelos Estados Unidos de um tratado de proibição de armas nucleares de alcance intermediário.

Putin também enviou mensagens a outros chefes de Estado, especialmente à britânica Theresa May e ao presidente turco, Recep Erdogan, acrescentou o Kremlin.

Em sua mensagem à primeira-ministra britânica, Putin desejou ao seu povo "bem-estar e prosperidade" em 2019.

Já na mensagem ao presidente turco Erdogan, Putin destacou a "direção promissora" das relações bilaterais após o lançamento do gasoduto russo-turco Turkstream e o início da construção de uma central nuclear de fabricação russa na Turquia.

Internacional