PUBLICIDADE
Topo

Internacional

'Tudo é possível' antes de 12 de abril, diz Tusk sobre Brexit

22/03/2019 14h10

Bruxelas, 22 Mar 2019 (AFP) - O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, disse nesta sexta-feira que "tudo é possível" até 12 de abril, data-limite para o Brexit caso o Parlamento britânico rejeite o acordo de divórcio negociado com a UE.

"Até 12 de abril, tudo é possível: um acordo, um longo adiamento, se o Reino Unido decidir reconsiderar sua estratégia ou revogar o Artigo 50", ou seja, renunciar ao Brexit, disse Tusk no encerramento de uma cúpula de dois dias em Bruxelas.

"O destino do Brexit está nas mãos de nossos amigos britânicos", explicou o titular do Conselho Europeu. "Estamos preparados para o pior, mas esperamos o melhor. Como vocês sabem, a esperança é a última que morre", acrescentou.

A União Europeia, a pedido da primeira-ministra britânica Theresa May, aceitou nesta quinta modificar o calendário do Brexit para evitar uma separação abrupta em 29 de março, data prevista inicialmente para a saída do Reino Unido do bloco.

A solução alcançada se divide em duas opções: se a Câmara dos Comuns aprovar o acordo, a saída ocorrerá em 22 de maio, para acertar os detalhes técnicos do divórcio. Caso contrário, o limite seria 12 de abril.

meb/al/ll

Internacional