PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Tusk faz apelo para Eurocâmara não trair os britânicos pró-UEs

27/03/2019 06h58

Estrasburgo, França, 27 Mar 2019 (AFP) - O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, pediu nesta quarta-feira aos eurodeputados que permaneçam abertos a um adiamento longo do Brexit enquanto o Reino Unido reconsidera sua posição, com uma advertência contra a traição aos eleitores pró-UE.

"Deveríamos estar abertos a uma longa prorrogação se o Reino Unido deseja reconsiderar sua estratégia do Brexit, o que certamente significaria a participação do Reino Unido nas eleições para a Eurocâmara de 23 a 26 de maio", afirmou Tusk.

"Vocês não podem trair a maioria crescente (de britânicos) que deseja permanecer na UE", completou o ex-primeiro-ministro polonês aos eurodeputados reunidos em Estrasburgo.

Tusk, que informou os parlamentares sobre a reunião de governantes da UE na semana passada, disse que "vozes afirmavam que isto seria prejudicial ou inconveniente" para alguns eurodeputados, uma ideia que ele considera "inaceitável".

Durante a reunião de cúpula, a UE concordou em adiar a data de saída do Reino Unido do bloco para 22 de maio, caso o Parlamento britânico aprove esta semana o acordo de divórcio, ou para 12 de abril, em caso contrário.

As declarações foram feitas algumas horas antes dos deputados britânicos, que tomaram do governo o controle da agenda de debates, se pronunciarem sobre uma série de propostas alternativas ao acordo defendido pela primeira-ministra Theresa May.

tjc/ra/fp

Internacional