PUBLICIDADE
Topo

Israel aprova a construção de 700 habitações para palestinos e 6.000 para colonos

31/07/2019 06h37

Jerusalém, 31 Jul 2019 (AFP) - O governo israelense aprovou a construção de 700 habitações para palestinos e 6.000 para colonos israelenses em uma parte da Cisjordânia ocupada e controlada por Israel, declarou nesta quarta-feira uma autoridade israelense.

A autoridade, que não quis revelar sua identidade, confirmou essa autorização dada na terça-feira pelo gabinete de segurança nacional, antes de uma visita de Jared Kushner, assessor e genro do presidente americano Donald Trump que prepara uma iniciativa diplomática para resolver o conflito israelense-palestino.

Não está claro se a autorização diz respeito apenas a novas construções ou se abrange residências já construídas que recebem autorização retroativa.

As novas habitações deverão ser construídas na zona C, sob controle israelense, onde as colônias estão localizadas.

A zona C representa mais de 60% da Cisjordânia, território palestino ocupado, que teoricamente fará parte de um futuro Estado palestino no âmbito de uma solução de dois Estados.

Em geral, Israel não concede permissões de construção para os palestinos naquela área.

mjs/zm-mar/mr

Internacional