Topo

Atirador de El Paso se declara inocente

4.ago.2019 - Homenagens são colocadas em frente ao Walmart de El Paso, no Texas, onde 22 pessoas morreram um um ataque a tiros - Mark Ralston/AFP
4.ago.2019 - Homenagens são colocadas em frente ao Walmart de El Paso, no Texas, onde 22 pessoas morreram um um ataque a tiros Imagem: Mark Ralston/AFP

11/10/2019 01h02

Washington, 11 Out 2019 (AFP) - O jovem americano acusado de matar 22 pessoas em agosto em um hipermercado de El Paso, no Texas, se declarou inocente em um tribunal desta cidade do sul dos Estados Unidos, informou a justiça local.

Patrick Crusius, um jovem branco de 21 anos, foi acusado em agosto de homicídio e enfrenta a pena de morte ou prisão perpétua. O acusado "se declarou inocente esta tarde e o promotor Jaime Esparza pedirá a pena de morte", disse à AFP a promotoria de El Paso.

O procurador-federal John Bash assinalou que o crime é considerado um ato de "terrorismo".

Em um manifesto publicado na Internet antes do ataque, Crusius denunciou uma "invasão hispânica" no Texas e depois declarou que seu alvo eram os 'mexicanos'.

O jovem está detido e isolado, com vigilância especial para evitar que cometa suicídio, segundo a imprensa local.

Internacional