PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Esse conteúdo é antigo

Número de mortos por coronavírus passa de 120 mil no mundo, indica balanço

Piero Cruciatti / AFP
Imagem: Piero Cruciatti / AFP

14/04/2020 09h06

A pandemia do novo coronavírus deixou mais de 120.000 mortos no mundo, quase 70% deste total na Europa, desde seu surgimento na China em dezembro - conforme balanço feito pela AFP com base em fontes oficiais, nesta terça-feira (14), às 8h (horário de Brasília).

Ao todo, 120.013 mortes foram registradas, das quais 81.474 na Europa, o continente mais afetado.

Desde o início da pandemia, 1.923.390 casos foram declarados em 193 países, ou territórios. Mais da metade deles foi na Europa (973.087), e 582.594, nos EUA, país onde a covid-19 avança mais rapidamente e que registra 44.308 doentes curados.

Este número de casos diagnosticados positivos reflete, porém, apenas uma parte do total de contágios, em função das diferentes políticas adotadas por cada país para diagnosticar os casos.

Em alguns, são contabilizadas somente as pessoas que precisaram de internação.

Até o momento, ao menos 411.500 pessoas teriam se curado da doença no mundo todo.

Depois dos Estados Unidos, os países mais afetados são Itália, com 20.465 mortos e 159.516 casos; Espanha, com 18.056 mortos (172.541 casos); França, com 14.967 mortos (136.779 casos); e Reino Unido, com 11.329 mortos (88.621 casos).

A China (excetuando-se Hong Kong e Macau) tem 82.249 contaminados, com 3.341 óbitos e 77.738 pessoas curadas.

Nas últimas 24 horas, foram registrados 89 novos casos e nenhuma morte.

Do início da pandemia até às 8h (horário de Brasília) desta terça, a Europa somava 81.474 mortos (973.087 contágios); Estados Unidos e Canadá, 24.482 (608.274); Ásia, 5.136 (144.057); Oriente Médio, 5.018 (105.246); América Latina e Caribe, 2.991 (69.749); África, 835 (15.376); e Oceania, 77 (7.601).

Este balanço foi feito com base em dados das autoridades nacionais compilados pela AFP e com informações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

bur-rbj/sc/sg/tt

Coronavírus