PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Esse conteúdo é antigo

Itália abrirá aeroportos secundários de Roma e Florença

Entrada do aeroporto Ciampino, em Roma - Getty Images
Entrada do aeroporto Ciampino, em Roma Imagem: Getty Images

30/04/2020 13h05

As autoridades italianas autorizaram nesta quinta-feira a abertura dos aeroportos secundários de Roma, Ciampino, e Florença, Peretola, fechados por dois meses pela pandemia de coronavírus.

O aeroporto de Ciampino, o segundo maior da capital depois do Fiumicino, e o Peretola, o segundo na Toscana depois de Pisa, poderão operar voos comerciais a partir de 4 de maio, informou o Ministério dos Transportes em comunicado.

Ciampino serve como base para voos de companhias aéreas de baixo custo, especialmente a Ryanair, que parou 99% de sua frota devido à pandemia.

A Itália começará na terça-feira a suspender gradualmente as rigorosas medidas de contenção em vigor desde 10 de março e autorizou alguns movimentos entre as diferentes regiões da península.

Sistemas para impedir a disseminação do coronavírus foram instalados nos dois aeroportos, informou o ministério, sem dar mais detalhes.

Antes do fechamento, os aeroportos italianos haviam implementado controles de temperatura corporal com scanners térmicos para passageiros em todos os terminais.

Coronavírus