PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
2 meses

Canal de Suez suspende temporariamente navegação por causa de navio encalhado

Equipes do Canal de Suez, no Egito, trabalham para retirar um navio cargueiro que encalhou e travou a navegação pelo local - Suez Canal Authority/AFP
Equipes do Canal de Suez, no Egito, trabalham para retirar um navio cargueiro que encalhou e travou a navegação pelo local Imagem: Suez Canal Authority/AFP

25/03/2021 06h50Atualizada em 25/03/2021 07h35

Cairo, 25 Mar 2021 (AFP) - A navegação no Canal de Suez está "suspensa temporariamente" até a retirada do gigantesco cargueiro que bloqueia o tráfego desde ontem, anunciou hoje a agência que administra a passagem marítima no Egito.

"As autoridades marítimas indicaram que 13 navios do comboio norte (procedentes do Mar Mediterrâneo) (...) que deveriam passar estão atracados em áreas de trânsito até a operação de retirada seja concluída", afirmou George Safwat, porta-voz da Autoridade do Canal de Suez (SCA, na sigla em inglês).

O incidente, que aconteceu na madrugada de terça-feira (23) para quarta-feira (24), provoca grandes engarrafamentos de navios e atrasos nas entregas de petróleo e outros produtos comerciais nessa importante rota comercial entre a Europa e a Ásia.

Isso provocou o aumento de quase 6% dos preços do petróleo ontem, motivados pelos temores sobre o abastecimento durante o bloqueio do Canal de Suez

Rebocadores e unidades de resgate tentavam liberar o gigantesco navio porta-contêiner "Ever Given", de 400 metros de comprimento, do Canal de Suez. O incidente afetou uma das rotas comerciais mais transitadas do mundo.

Internacional