PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
1 mês

Inglaterra isenta de quarentena viajantes vacinados de UE e EUA

Viajantes completamente vacinados que chegarem à Inglaterra procedentes dos Estados Unidos e da União Europeia ficarão isentos da obrigatoriedade de cumprir quarentena - Getty Images
Viajantes completamente vacinados que chegarem à Inglaterra procedentes dos Estados Unidos e da União Europeia ficarão isentos da obrigatoriedade de cumprir quarentena Imagem: Getty Images

28/07/2021 11h59Atualizada em 28/07/2021 12h23

Os viajantes completamente vacinados que chegarem à Inglaterra procedentes dos Estados Unidos e da União Europeia (UE), à exceção da França, ficarão isentos da obrigatoriedade de cumprir quarentena - anunciou o governo britânico nesta quarta-feira (28).

Reivindicada pelo setor de turismo, a medida entrará em vigor a partir da madrugada de segunda-feira (2), afirmou o ministro dos Transportes, Grant Shapps, no Twitter.

Para os países classificados na cor "laranja", a grande maioria dos destinos turísticos, como UE e EUA, o Reino Unido impõe uma quarentena de pelo menos cinco dias aos viajantes, além da obrigação de fazerem testes de covid-19.

Os viajantes vacinados pelo serviço de saúde britânico já havia sido liberados da quarentena, mas não os imunizados no exterior. A distinção causou mal-estar entre os britânicos expatriados diante das complicações criadas para que voltassem para casa.

A partir de agora, a Inglaterra aplicará a mesma medida às pessoas vacinadas na União Europeia, ou nos Estados Unidos, para as chegadas procedentes dos países da lista "laranja". A exceção será a França, devido à presença da variante Beta.

"Regras diferentes continuarão a ser aplicadas às chegadas da França", disse o Ministério em um comunicado.

Os viajantes vacinados em território americano deverão provar que são residentes nos Estados Unidos.

Um teste de PCR será obrigatório dois dias após a chegada.

Essas medidas também não se aplicam a países e regiões classificados como "vermelhos" por Londres (como Índia, Emirados Árabes Unidos e América do Sul). Destes, apenas residentes do Reino Unido estão autorizados a retornar, desde que cumpram quarentena em hotéis reservados para isso. As despesas de hospedagem ficam por conta de cada um.

Coronavírus