Taxa de desemprego na Grande São Paulo mantém relativa estabilidade, diz Dieese

A taxa de desemprego na região metropolitana de São Paulo manteve-se relativamente estável, variando de 14,1% em novembro para 13,9% na última verificação. Os dados são da Pesquisa de Emprego e Desemprego divulgada mensalmente pela Fundação Seade e pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

De acordo com as entidades, o movimento de estabilidade é típico deste período. O número de desempregados foi estimado em 1,55 milhão de pessoas, o que representa 24 mil a menos do que no mês anterior.

Na avaliação por setor, apenas o de serviços, que emprega 5,53 milhões de pessoas na Grande São Paulo, apresentou recuo (-0,2%) na comparação com novembro. O número de pessoas empregadas pela indústria de transformação cresceu 2%, passando de 1,49 milhão para 1,52 milhão.

Houve alta também no setor de construção (1,5%) e uma pequena variação de 0,1% no setor de comércio e reparação de veículos automotores e motocicletas. Na comparação com dezembro do ano passado, no entanto, apenas o último setor registrou alta, com variação de 2,8%.

A pesquisa mostra ainda que o rendimento médio entre novembro de 2014 e este ano caiu 9,3%, passando de R$ 2.117 para R$ 1.919. No setor privado, diminuiu o contingente de empregados com e sem carteira assinada (-2% e -13,8%, respectivamente). O número de autônomos, por sua vez, cresceu 5,4%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos