Turquia acusa Rússia de violar espaço aéreo e convoca embaixador

O governo da Turquia afirmou hoje (30) que a Rússia violou o espaço aéreo do país. De acordo com autoridades turcas, um caça russo Su-34 ultrapassou o limite aéreo entre os dois países, por volta da meia-noite, horário local. Após o incidente, a Turquia convocou o embaixador russo para explicações e condenou fortemente o episódio.

Em comunicado à imprensa, o Ministério dos Negócios Estrangeiros turco declarou que a  Rússia tem"total responsabilidade por todas as consequências graves decorrentes de tal atitude irresponsável". 

Há dois meses, um caça russo foi abatido por um avião de combate turco, após violar o espaço aéreo da Turquia, próximo à fronteira com a Síria. O fato criou uma crise diplomática entre os dois países, que têm posições opostas sobre a guerra civil na Síria. Enquanto a Rússia apoia o regime do presidente Bashar Al-Assad, a Turquia defende que Assad deixe o poder. 
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos