Olimpíada: brasileiros alcançam 50 índices para provas de atletismo em 2016

Dos mais de 4 mil atletas do atletismo que virão competir na capital fluminense, metade não terá local para treinar

Cada país pode mandar para os Jogos Olímpicos apenas três atletas por modalidade do Atletismo Divulgação/COB

O atletismo brasileiro atingiu nesta semana a marca de 50 índices olímpicos que qualificam atletas para os Jogos de 2016. No último domingo (27), o mineiro Talles Frederico, do Salto em Altura, quebrou seu recorde pessoal e saltou 2,29 metros, exatamente a marca exigida pela Associação Internacional de Federações de Atletismo.

Talles competiu na 2ª etapa do Campeonato Paulista Menor, Juvenil e Adulto de Atletismo, no Centro Esportivo de Alto Rendimento, no Swiss Park, em Campinas. Segundo o Comitê Olímpico Brasileiro, o atleta tentou ainda saltar 2,32 metros, o recorde brasileiro de Jessé Farias de Lima, mas não teve êxito.

O jovem de 25 anos ainda não pode ser considerado classificado para os Jogos Olímpicos porque cada país pode mandar apenas três atletas por modalidade do Atletismo, e o prazo para atingir índices olímpicos termina apenas em 8 de julho. As chances de Talles, no entanto, são grandes, pois ele é o primeiro brasileiro a se qualificar para o salto em altura na Olimpíada de 2016.

Maratona

A categoria mais disputada até o momento é a maratona masculina, em que dez brasileiros conseguiram índice, e apenas três poderão representar o Brasil nos Jogos. A disputa fica ainda acirrada porque Solinei Rocha da Silva já tem vaga garantida por ter obtido a 18ª colocação na Maratona Masculina dos Campeonatos Mundiais de Atletismo, no ano passado, em Pequim, o que deixa apenas duas vagas disponíveis.

Até o momento, os três melhores índices são de Marilson dos Santos (2h11m), Paulo Roberto de Almeida (2h11m02s) e do próprio Solonei Rocha da Silva (2h13m15s).

No feminino, a maratona tem seis qualificadas. As três primeiras, até a última atualização da listagem, são: Adriana Aparecida da Silva (2h35m28s), Marily dos Santos (2h37m25s) e Graciete Santana (2h38m33s).

Entre as mulheres, Keila Costa, Rosangela Santos e Ana Claudia Lemos Silva estão qualificadas para duas provas diferentes. Keila conseguiu a marca para disputar o salto triplo e o salto em distância. Já as fundistas Rosangela e Ana Claudia estão qualificadas para as provas de 100 e 200 metros.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos