Gripe: vacinação em idosos e doentes crônicos começa hoje no DF

Paula Laboissière - Repórter da Agência Brasil

(Tânia Rêgo/Agência Brasil)

Idosos já podem procurar os postos de saúde do Distrito Federal para receber a vacina contra a gripe. Sábado ocorre o Dia DTânia Rêgo/Agência Brasil

 

Idosos e pessoas com doenças crônicas já podem procurar os postos de saúde do Distrito Federal para se imunizar contra a gripe. A antecipação da vacina para os dois grupos foi anunciada pela Secretaria de Saúde no início da semana.

A previsão era que eles recebessem a dose apenas a partir do próximo sábado (30), quando começa oficialmente a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. A alteração no calendário, segundo a secretaria, foi possível após o envio de mais 100 mil doses pelo Ministério da Saúde.

Desde o dia 18, crianças com idade entre 6 meses e 5 anos incompletos, gestantes, mulheres com até 45 dias após o parto e profissionais da saúde já podem procurar uma das salas de vacinação para serem imunizados contra a gripe. Apenas nos três primeiros dias, 58.863 pessoas receberam a dose.

A secretaria informou que a vacina, que protege contra os vírus H1N1, H3N2 e Influenza B, está disponível em qualquer centro de saúde, das 8h às 12h e das 13h às 17h. Apesar da antecipação, está mantido para 30 de abril o Dia D - data escolhida para que postos funcionem exclusivamente para oferecer a vacina ao público alvo.

"Além da imunização, outra forma de se prevenir contra a Influenza é reforçar os cuidados com a higiene. Frequentemente, lave as mãos e utilize lenço descartável para a higiene nasal; quando for tossir ou espirar, cubra o nariz e a boca; evite tocar mucosas de olhos, nariz e boca; não compartilhe objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas; mantenha o seu ambiente sempre ventilado", orienta a Secretaria de Sáude em nota.

A Influenza - ou gripe, como é popularmente conhecida - é transmitida por meio das vias respiratórias e seus efeitos duram, em média, uma semana. Os principais sintomas do vírus H1N1, especificamente, são febre acima de 37,8ºC (mais acentuada em crianças), infecção aguda das vias aéreas, calafrios, mal-estar, cefaleia, dores no corpo, garganta e articulações, prostração, coriza e tosse seca. Em alguns casos é possível a ocorrência de vômito, diarreia, fadiga e rouquidão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos