Brasil e Argentina vão criar mecanismo bilateral de coordenação política

Ivan Richard - Repórter da Agência Brasil

Brasil e Argentina assinaram hoje (23) um memorando de entendimento para criar o Mecanismo de Coordenação Política Brasil-Argentina. O fórum bilateral, que será presidido pelo secretário-geral das Relações Exteriores, no caso do Brasil, e pelo secretário de Relações Exteriores, na Argentina, servirá para coordenação política entre os países vizinhos.

Os principais objetivos do mecanismo serão o intercâmbio de opiniões sobre temas das agendas bilaterais, regional e global, além do acompanhamento dos projetos estratégicos de integração bilateral, em especial nas áreas de ciência, tecnologia e inovação, defesa, indústria aeronáutica, energia e comércio, sem prejuízo de outras áreas que possam ser consideradas prioritárias pelos dois governos.

De acordo com o Itamaraty, o fórum irá se reunir, no mínimo, duas vezes por ano. Preferencialmente, as reuniões ocorrerão no início de cada ano, para definição da agenda comum de trabalho, e no início do segundo semestre, que terá como foco a coordenação de posições para a Assembleia-Geral das Nações Unidas.

As reuniões serão alternadas em cada um dos países, e o país anfitrião será responsável pela apresentação de proposta de data, local e agenda do encontro, submetida previamente ao país vizinho, com antecedência mínima de um mês da reunião.

Segundo o Itamaraty, a criação do fórum bilateral marca as comemorações dos 30 anos de assinatura da Declaração do Iguaçu, que marcou o início do processo de aproximação entre Brasil e Argentina.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos