Mercedes-Benz anuncia plano de demissão voluntária em São Bernardo do Campo

Bruno Bocchini - Repórter da Agência Brasil

A Mercedes-Benz anunciou hoje (31) um plano de demissão voluntária (PDV) para seus empregados da fábrica de São Bernardo do Campo, em São Paulo. De acordo com a montadora, o plano teve de ser colocado em prática devido à forte queda nas vendas de veículos comerciais registrada nos últimos meses.

O prazo para adesão dos empregados ao PDV vai de amanhã (1º) a 8 de julho.

De acordo com a Mercedes, a indenização não pode exceder R$ 115 mil. Não há limite no número de funcionários que poderão participar do plano. Com o PDV, a montadora espera reduzir o que chama de "excedente" de empregados, estimado em mais de 2 mil.

A fábrica de São Bernado está atualmente com 1,8 mil empregados em licença remunerada, sem prazo determinado para voltar ao trabalho.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos