Pesquisa do Ipea mostra inovação introduzida pelo PAC no Complexo do Alemão

Alana Gandra - Repórter da Agência Brasil

Pesquisa de campo efetuada no Complexo do Alemão, conjunto de favelas da zona norte do Rio de Janeiro concluiu que o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), implantado naquela região, introduziu uma inovação importante em relação a programas governamentais anteriores, ao agregar urbanização e construção habitacional.

As conclusões da pesquisadora Rute Imanishi estão na publicação Vida Social e Política nas Favelas, lançada hoje (30) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), no Rio de Janeiro. As visitas naquela área permitiram que Rute pudesse ver "o outro lado da história, que era aquele projeto do ponto de vista das organizações não governamentais (ONGs), das associações locais, do povo que estava acompanhando o projeto".

A pesquisa mostrou como o PAC estava sendo visto pelos moradores, em relação a outras intervenções governamentais do passado. A conclusão é que o PAC inovou ao construir vários conjuntos habitacionais no entorno do Complexo do Alemão: "Juntou urbanização de favela com a construção de moradias. Isso era uma reivindicação antiga dos movimentos sociais por moradia, não só do Alemão, mas em geral, e está dentro do que se desejava dentro da política habitacional, que não é pegar a favela, remover (os moradores) e mandar para longe. É construir no entorno, dentro das áreas de favelas mesmo", diz Rute, que é técnica de planejamento e pesquisa do Ipea.

A publicação Vida Social e Política nas Favelas reúne ainda textos de pesquisadores e professores universitários de diversas instituições que fizeram pesquisas de campo naquele agrupamento de favelas, também envolvendo políticas públicas em várias áreas, em parceria com o Instituto Raízes em Movimento, que tem sede e atuação na região.

Rute Imanishi explica que os resultados das diferentes pesquisas objetivam trazer para o governo uma informação de como os projetos se manifestam e desenvolvem no campo, agregando à visão dessas políticas a participação dos moradores do próprio local.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos