Tribunal de Justiça do Rio terá plantão para atender mulheres no carnaval

Cristina Indio do Brasil - Repórter da Agência Brasil

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) montou um esquema de plantão para atender às mulheres durante o carnaval. Conforme dados da Central de Atendimento à Mulher, o Ligue 180, o número de denúncias registrou aumento de 221% nessa época do ano em 2016. Para o órgão, o assédio, a opressão e a violência contra a mulher ainda persistem no lado mais negativo da folia.

O atendimento será feito na Central Judiciária de Abrigamento Provisório da Mulher Vítima de Violência Doméstica (Cejuvida), que tem uma equipe formada por psicólogos e assistentes sociais e dá assistência às mulheres vítimas de agressão que correm risco de vida. As denúncias de violência contra a mulher podem ser feitas no número 180.

A Cejuvida vai funcionar junto com o Plantão Judiciário do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ), na Rua Dom Manuel s/número, no centro do Rio. O contato pode ser feito também pelo telefone (21) 3133-3894. O funcionamento começa amanhã (24) e vai até dia 1º de março. O atendimento será 24 horas e, além dos juízes de plantão, terá o apoio de quatro equipes de cartórios, comissários e oficiais de justiça.

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos