Governo federal libera R$ 2 milhões para ações de defesa civil em Florianópolis

Andreia Verdélio - Repórter da Agência Brasil

O Ministério da Integração Nacional liberou hoje (31) R$ 2,06 milhões para ações de defesa civil em Florianópolis. A capital catarinense, assim como outros municípios do estado, foi atingida por fortes chuvas neste mês de janeiro, causando danos estruturais em vários bairros. Os recursos deverão ser usados para a recuperação da cidade. O prazo de execução das obras e serviços é de 180 dias.

A prefeitura de Florianópolis informou que também conseguiu, junto à Caixa Econômica Federal, a liberação do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para os trabalhadores atingidos pelas chuvas, moradores dos bairros Armação, Morro das Pedras, Campeche, Rio Tavares e Costeira, no Sul da Ilha, Lagoa da Conceição, Canto da Lagoa e Itacorubi, no Leste, e Monte Verde, Saco Grande, Rio Vermelho, Ratones, Vargem Grande, Vargem Pequena, Ingleses e região do Papaquara, em Canasvieiras, no Norte.

Os moradores que não residem nas áreas listadas, mas que tiveram suas casas foram atingidos pelas chuvas - com alagamento ou desmoronamento, por exemplo -, precisam apresentar uma comprovação na hora do cadastro, por meio de fotos.

O cadastramento dos trabalhadores começa em 19 de fevereiro, no Sesc da Prainha, e os recursos devem ser liberados a partir de 19 de março. A estimativa da prefeitura é de que cerca de 16 mil pessoas têm direito ao benefício. Caso mais de um integrante da família possua saldo na conta do FGTS, todos terão acesso ao recurso.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos