Indústria 4.0 poderá impactar PIB em 28% até 2030, estima ministro

O ministro do Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), Marcos Jorge, estima que a indústria 4.0 poderá impactar em 28% no Produto Interno Bruto (PIB) até 2030. O termo é utilizado para designar a integração de diversos tipos de tecnologias no processo produtivo.

"Estamos falando em uma modernização que hoje está impactando em 5% em nossas indústrias e que estimo que chegará em torno de 28% no PIB até 2030", disse o ministro, ao participar hoje (30) de um painel sobre economia digital e nova revolução industrial no Fórum de Investimentos Brasil 2018, na capital paulista.

O ministro citou o lançamento da agenda nacional para a indústria 4.0 em março deste ano, que consiste numa série de iniciativas para estimular o setor privado e para a nova indústria em transformação.

"Estamos falando de editais para startups, redução de impostos para a importação de robôs colaborativos que a Câmara de Comercio Exterior (Camex) reduziu de 14% para 0%, para que as indústrias possam fazer a modernização de seu parque fabril, além de financiamentos, como do Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES), Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e bancos regionais  que estão com taxas mais atrativas para a modernização das indústrias nacionais", acrescentou.

Para o ministro, o Brasil está num momento de abertura comercial. "Estamos finalizando acordos e promovendo maior abertura comercial, com certeza estamos impactando muito positivamente no PIB do Brasil". Ele não comentou sobre o crescimento de 0,4% do PIB no primeiro trimestre, divulgado hoje pelo IBGE.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos