Temer desiste de ir a evento de Gilmar Mendes e da oposição em Portugal

Brasília - O vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), decidiu na manhã desta quinta-feira, 24, cancelar a viagem que faria a Portugal, no início da próxima semana. Na ocasião, Temer participaria de evento em Lisboa, promovido por um instituto ligado ao ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, o Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP), em parceria com na Universidade de Lisboa, e que também tem na lista de participantes lideranças da oposição, como o presidente do PSDB, senador Aécio Neves e o senador José Serra (PSDB/SP).

De acordo com a assessoria da vice-presidência, Temer cancelou a viagem para intensificar as conversas referentes ao encontro do Diretório Nacional do PMDB, previsto para ocorrer na próxima terça-feira, dia 29. Na reunião da cúpula do PMDB, integrantes da legenda deverão decidir sobre um possível desembarque do governo Dilma.

Nos últimos dias, Temer tem sofrido forte pressão dos ministros do partido e lideranças, como o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB/AL), e do líder do PMDB na Câmara, Leonardo Picciani (RJ), para adiar a reunião do Diretório para o próximo dia 12. A estratégia da ala do PMDB mais próxima do governo é de ganhar tempo para tentar conseguir ampliar o apoio contra a debandada.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos