600 famílias protestam contra reintegração de posse em Campinas (SP)

Bibiana Borba

São Paulo

  • LUCIANO CLAUDINO/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDO

    Movimentação durante a reintegração de posse da Ocupação Nelson Mandela

    Movimentação durante a reintegração de posse da Ocupação Nelson Mandela

Centenas de famílias de sem-teto protestam contra uma reintegração de posse na manhã desta terça-feira, 28, em Campinas (SP). A ocupação Nelson Mandela, localizada no bairro Jardim Capivari, foi formada há oito meses em uma área de 100 mil metros quadrados. A propriedade estava abandonada havia 40 anos, segundo os ocupantes.

Tropas da Polícia Militar (PM) cercam o local desde o início da manhã, enquanto parlamentares tentam negociar com advogados da ocupação e dos proprietários do terreno. As famílias cobram alternativas de moradia do poder público municipal.

Os manifestantes dizem que cerca de 600 famílias construíram barracos no local e não têm para onde ir se o despejo for confirmado. Em nota em sua página no Facebook, a comunidade afirma que há 282 crianças, 28 gestantes e 24 idosos entre os moradores. Desde a noite passada, o grupo permanece em vigília e promete resistir à intervenção policial, autorizada pela Justiça desde a semana passada.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos