População se organiza para ajudar parentes de vítimas de incêndio em creche

Bruno Ribeiro

Em São Paulo

Pelo Facebook, moradores de Montes Claros, cidade mineira a duas horas de distância de Janaúba, cenário de tragédia em uma creche na manhã desta quinta-feira (5), que teve ao menos cinco crianças mortas, estão se oferecendo para dar abrigo, banho e alimentação para pais de crianças que tiveram de viajar para acompanham o atendimento a seus filhos.

"A psicóloga da prefeitura me ligou e avisou que pelo menos uma mãe de uma das crianças já vai vir aqui para casa", disse a cozinheira Edisa Rosa de Andrade, 40, uma das voluntárias.

"As pessoas estão começando a chegar aqui. Minha casa fica a 10 minutos de distância da Santa Casa. Quando soubemos da tragédia, a gente se ofereceu para dar alguma ajuda para quem vier acompanhar os filhos", afirmou. Sua irmã, Darciza de Rosa Andrade, de 46, também é uma das voluntárias.

As irmãs repassaram seus telefones para conhecidos da região. Ainda nas redes sociais, a Prefeitura de Janaúba está pedindo à população das região ajuda com itens básicos de atendimento médico.

A lista inclui luvas de procedimento, jalecos e medicamentos, como morfina e dipirona injetável. O Corpo de Bombeiros também está recebendo donativos para os hospitais da região.

O governador de Minas, Fernando Pimentel (PT), está se dirigindo à região. Pelo Twitter, ele divulgou nota em que afirma que "todo o dispositivo médico necessário para o socorro das vítimas já foi acionado".

PM-MG/Divulgação
Imagem da sala onde estavam vítimas de incêndio em creche de Janaúba

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos