Topo

Quadrilha rouba 3 toneladas de dinamite em Salto de Pirapora (SP)

 Apu Gomes / Folha Imagem
Explosivos em gel usados em pedreiras e obras Imagem: Apu Gomes / Folha Imagem

José Maria Tomazela

Sorocaba

17/11/2017 10h50

Um bando armado invadiu a sede de uma mineradora na noite desta quinta-feira, 16, em Salto de Pirapora, interior de São Paulo, e roubou três toneladas de dinamite. A quadrilha rendeu seguranças e funcionários e os obrigou a carregar um caminhão-baú com a carga. Até o início da manhã desta sexta-feira, 17, nenhum suspeito tinha sido preso.

A polícia acredita que a grande quantidade de explosivos será usada em ataques contra caixas eletrônicos, agências bancárias e carros-fortes. De acordo com a Polícia Civil, os criminosos estavam encapuzados e armados com fuzis e pistolas. Eles renderam os seguranças na portaria e chegaram até o galpão da mineradora.

Os funcionários que estavam no local também foram rendidos e todos foram obrigados a transferir para o caminhão-baú levado pela quadrilha 124 caixas de dinamite com 25 quilos cada, o que totaliza 3,1 mil quilos.

Os explosivos estavam armazenados para serem empregados na detonação de rochas em pedreiras da região. O bando levou também três caixas de pavios e detonadores. A Polícia Militar montou cercos nas rodovias próximas, mas não conseguiu localizar o caminhão com os explosivos. Imagens das câmeras instaladas no local serão usadas em busca de pistas dos criminosos.