PUBLICIDADE
Topo

Política

Indicação de Eduardo não é um problema dos EUA, diz secretário americano

Eduardo Bolsonaro usa boné com nome de Trump - Reprodução G1
Eduardo Bolsonaro usa boné com nome de Trump Imagem: Reprodução G1

Bárbara Nascimento e Monique Heemann

São Paulo

30/07/2019 16h29

O secretário de comércio americano, Wilbur Ross, disse hoje que a indicação do filho do presidente Jair Bolsonaro, Eduardo Bolsonaro, 35, para a embaixada brasileira em Washington é um "problema para o governo brasileiro resolver, não é um problema dos EUA".

Ele afirmou ainda que "até onde sabe" não houve uma designação formal ainda do governo brasileiro aos EUA. "Quando houver indicação, ela passará pelo processo normal", disse.

Hoje o presidente dos EUA, Donald Trump, elogiou a indicação do deputado federal. Em conversa com repórteres nos jardins da Casa Branca, ele disse considerar o filho de Bolsonaro "extraordinário, um jovem brilhante, incrível" e estar "muito feliz" com a indicação.

Trum também afirmou que não vê nepotismo neste caso. "Eu não acho que é nepotismo porque o filho ajudou muito na campanha. O filho dele é extraordinário, ele realmente é."

Política