Topo

Delegado Waldir diz que abre mão da liderança

Camila Turtelli

Brasília

21/10/2019 12h28

Em um vídeo divulgado na manhã desta segunda-feira, 21,, o deputado Delegado Waldir (PSL-GO), disse que "aceita democraticamente lista feita por parlamentares" e que o partido irá retirar a ação de suspensão de cinco parlamentares do PSL.

Mais cedo, o líder do governo na Câmara, deputado Vitor Hugo (PSL-GO), apresentou nomes para tentar levar o deputado Eduardo Bolsonaro (SP) à liderança do PSL na Casa. O documento, segundo nota divulgada pela assessoria da liderança do governo, tem 29 assinaturas e foi apresentado na manhã desta segunda-feira à Secretaria-Geral da Mesa Diretora. A Câmara ainda analisava o documento por volta das 12h.

"Já estarei à disposição do novo líder para de forma transparente passar para ele toda a liderança do PSL, queria agradecer aos parlamentares que confiaram nesse nosso projeto e dizer que não sou subordinado a nenhum governador e nenhum presidente, mas sim ao meu eleitor", disse Waldir no vídeo. "Nós não rasgamos a Constituição ainda. A Constituição prevê que o Executivo não deve interferir no parlamento em nenhuma ação", disse.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Cotidiano