PUBLICIDADE
Topo

Mourão sobre chuvas: governo aguarda pedidos de Estados para conceder recursos

O vice-presidente Hamilton Mourão assumiu a presidência em exercício durante viagem de Bolsonaro à Índia - Mauro Pimentel/AFP
O vice-presidente Hamilton Mourão assumiu a presidência em exercício durante viagem de Bolsonaro à Índia Imagem: Mauro Pimentel/AFP

Emilly Behnke

Brasília

27/01/2020 20h43

O presidente em exercício, Hamilton Mourão, afirmou nesta segunda-feira, 27, que o governo aguarda os pedidos dos Estados para a concessão de recursos às áreas mais atingidas pelas chuvas intensas desde 17 de janeiro. Ontem, o governo anunciou dispor de R$ 90 milhões para ajudar os Estados atingidos.

"Minas Gerais já mandou (um pedido), alguma coisa em torno de R$ 7 milhões, mas não está consolidado ainda", disse.

As solicitações ainda devem ser analisadas pelo governo. Os recursos para Minas, segundo Mourão, não estão consolidados pois o Estado pode ter "mais necessidades".

O presidente em exercício disse ainda que não existem outras medidas previstas para auxiliar os Estados, apenas o que já está previsto na legislação, como o adiantamento do pagamento do Bolsa Família em áreas mais prejudicadas.

Nesta segunda-feira, Mourão participou de agenda com o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, no Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad) para tratar da liberação de recursos federais para reparar estragos causados pela forte chuva em Minas Gerais e no Espírito Santo.

Mourão elogiou o trabalho feitos pelas equipes mobilizadas ressaltando que a atuação já "salvou muitas vidas".

Mais cedo, pelas redes sociais, Mourão disse que o governo está "transferindo recursos, enviando militares e acompanhando continuamente a situação nos Estados Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro".

Ouça o podcast Baixo Clero com análises políticas de blogueiros do UOL.

Os podcasts do UOL estão disponíveis no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas de áudio.

Política