PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Bolsonaro participa de workshop sobre caça Gripen ao lado de ministros e de Maia

Camila Turtelli, Idiana Tomazelli e Jussara Soares

Brasília

27/10/2020 21h02

O presidente da República, Jair Bolsonaro, participou nesta terça-feira, 27, do evento "Workshop F-39 Gripen" ao lado de ministros e do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

A aeronave de origem sueca está sendo desenvolvida em parceria com a Aeronáutica e empresas nacionais. O primeiro dos 36 jatos comprados pelo governo foi apresentado na última sexta-feira, dia 23.

O presidente e CEO da empresa sueca Saab, Micael Johansson, aposta na parceria com o governo de Bolsonaro para abrir mercado aos jatos, principal projeto estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).

De acordo com a FAB, no próximo ano, quatro aeronaves Gripen serão entregues. A previsão é que em 2026 seja entregue o último dos 36 caças comprados. Cada caça leva dois anos para ficar pronto. Quinze aeronaves serão integralmente produzidas no País, a montagem ocorrerá na unidade da Embraer, em Gavião Peixoto (SP).

Na apresentação, a FAB mostrou que a execução orçamentária está atualmente em 42%, mas que os desembolsos vão aumentar nos próximos anos "para que tudo não saia dos trilhos". A previsão é que a dívida gerada pelos financiamentos externos seja liquidada em 2039.

Diversas autoridades participaram do evento, em ambiente fechado, sem usar máscara, incluindo Bolsonaro e seu filho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). O líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), chegou de máscara, mas retirou o adereço por alguns momentos para conversar com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas.

Maia levou os dois filhos menores, Felipe e Rodrigo, para acompanharem o evento sobre o caça. O presidente da Câmara usou máscara, assim como o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o da Justiça, André Mendonça.

Cotidiano