PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
3 meses

Anvisa autoriza estudo clínico de vacina contra covid da Inovio Pharmaceuticals

O estudo prevê aplicação de duas doses com intervalo de 28 dias em voluntários maiores de 18 anos - iStock
O estudo prevê aplicação de duas doses com intervalo de 28 dias em voluntários maiores de 18 anos Imagem: iStock

Sofia Aguiar

Do Estadão Conteúdo, em São Paulo

25/08/2021 13h05Atualizada em 25/08/2021 13h53

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou hoje a realização de ensaio clínico no Brasil da vacina INO-4800 contra a covid-19. O ensaio clínico é patrocinado pela empresa americana de Biotecnologia Inovio Pharmaceuticals e o imunizante será administrado por via intradérmica (ID).

De acordo com a agência reguladora, o ensaio é de Fase 3, controlado por placebo. Um a cada três voluntários receberá o placebo para avaliar segurança, imunogenicidade e eficácia da candidata à vacina. No local de aplicação da vacina será utilizada uma técnica de facilitação para entrada do DNA no tecido celular (eletroporação) com um dispositivo próprio.

O estudo prevê aplicação de duas doses com intervalo de 28 dias em voluntários maiores de 18 anos. O protocolo estima a participação de 350 voluntários no Brasil distribuídos entre os Estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Além do Brasil, o ensaio conta com 7.116 participantes também distribuídos na Argentina, Colômbia, Estados Unidos, Filipinas, México, Peru, Polônia, República Checa e Tailândia. Os estudos iniciais de Fase 1 e 2 foram realizados nos Estados Unidos, Coreia do Sul e China.

Coronavírus