Nevasca histórica deixa ao menos 38 mortos nos EUA

NOVA YORK, 25 JAN (ANSA) - Subiu para 38 o número de mortes registradas durante a nevasca batizada como Jonas, que atingiu a Costa Leste dos Estados Unidos no último final de semana.   

As vítimas morreram, em sua maioria, em acidentes nas estradas ou envenenadas por monóxido de carbono que vazou de aquecedores.   

Houve também muitos casos de pessoas que morreram após sofrer ataques cardíacos enquanto tiravam a neve da frente de suas casas.   

As autoridades locais recomendaram que as pessoas, especialmente as idosas, não subestimem o frio e tenham cuidado para lidar com a neve acumulada. O prefeito da cidade de Nova York, Bill De Blasio, pediu que "não sejam feitos esforços desnecessários".   

As principais cidades atingidas, como Washington, agora precisarão de dias para se restabelecer. Além dos 60 centímetros de neve acumulada, em média, muito locais ainda sofreram com a falta de energia elétrica.   

A nevasca de quase 40 horas atingiu ao menos 22 estados e mais de 50 milhões de habitantes. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos