Fontes dos EUA admitem teste coreano de bomba de H

WASHINGTON, 28 JAN (ANSA) - Fontes do governo norte-americano confessaram à rede CNN que acreditam que a Coreia do Norte tenha realmente feito um teste com uma bomba nuclear de hidrogênio no início de janeiro, quebrando o ceticismo adotado pela Casa Branca em relação ao tema.   

A emissora divulgou nesta sexta-feira (28) que os funcionários, os quais preferem manter o anonimato, disseram que "provavelmente" o teste ocorreu de fato e que não foi apenas um alarde lançado pelo regime de Pyongyang.   

Uma das hipóteses é que o teste, porém, não tenha sido completo, mas sim, parcial, de apenas componente necessário para a bomba de hidrogênio, como um detonador. Mas, de toda maneira, a Casa Branca vê o gesto com cuidado, pois representa um passo em direção a uma bomba nuclear de potência avançada.   

A Coreia do Norte anunciou no dia 6 de janeiro que realizara com sucesso um teste de bomba nuclear de hidrogênio, despertando críticas da comunidade internacional, principalmente da Rússia e da China, países geograficamente próximos.   

O Conselho de Segurança das Nações Unidas definiu o ato como uma "clara violação" às suas resoluções e se reuniu de emergência para trabalhar em novas sanções contra o país.   

Uma bomba de hidrogênio pode ser até 50 vezes mais potente que as tradicionais de urânio e é mais difícil de ser produzida.   

Elas funcionam através da fusão de átomos em cadeia.   

No dia do anúncio, nenhum especialista nem país conseguiu confirmar a realização do teste. Apenas a Coreia do Sul registrou um tremor de terra que poderia estar relacionado à atividade nuclear. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos