Homem com cinturão de explosivos sequestra avião no Egito

ROMA, 29 MAR (ANSA) - Um passageiro com um cinturão de explosivos sequestrou nesta terça-feira (19) um avião da companhia aérea EgyptAir, com 81 passageiros a bordo, e obrigou o piloto a desviar a rota para a ilha de Chipre, no Mar Mediterrâneo. As negociações para ele liberar a aeronave ainda estão em curso.   

O voo MS181 tinha partido de Alexandria e deveria ir para o Cairo, no Egito, mas foi forçado a pousar em Chipre. Entre os passageiros, há um italiano, identificado como Andrea Bianchetti e que já teria sido solto, e outros estrangeiros.   

O sequestrador libertou a maior parte dos reféns e manteve apenas sete pessoas dentro do avião: o comandante, o copiloto, um oficial de segurança e quatro passageiros estrangeiros. As autoridades do Egito descartaram a possibilidade de um atentado terrorista e disseram acreditar que o sequestrador tenha tomado o avião por motivos pessoais, já que sua ex-mulher viveria em Chipre. A imprensa chegou a publicar que o sequestrador era Ibrahim Samaha, professor da Universidade de Alexandria. Mas depois o governo do Egito pediu desculpas e admitiu que Samaha era apenas um passageiro. A agência de notícias egípcia Mena, por sua vez, anunciou que o sequestrador é Seif Eldin Mustafa, originário do próprio Egito. Em outubro do ano passado, um avião russo explodiu na península do Sinai, no Egito, em um atentado assumido pelo grupo terrorista Estado Islâmico (EI, ex-Isis). Desde a Primavera Árabe e com as recentes atividades de grupos extremistas, a economia do Egito, que dependia muito do turismo, tem sido abalada. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos