Eleito no domingo, prefeito é preso por corrupção na Itália

PÁDUA, 23 JUN (ANSA) - Reeleito no último domingo (19), o prefeito de Abano Terme, Luca Claudio, foi preso nesta quinta-feira (23) sob as acusações de corrupção, extorsão e indução indevida.   

As investigações começaram com supostas propinas nos serviços de manutenção do verde do município, mas agora envolvem quase todos os setores da administração pública. Além de Claudio, foram detidos três empreendedores e um funcionário da Prefeitura.   

No ano passado, o prefeito já havia sido investigado por fraude em licitação e extorsão, mas ainda assim conseguiu se reeleger, alcançando 52,4% dos votos no segundo turno. Ele guia atualmente uma coalizão de centro-direita em Abano Terme, cidade de 19,9 mil habitantes situada na região do Vêneto, norte da Itália.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos