Em decisão histórica, britânicos votam pela saída da UE

LONDRES, 24 JUN (ANSA) - A maioria dos britânicos decidiu pela saída do Reino Unido da União Europeia (UE) após uma dramática e apertada votação. O "Brexit" venceu nas urnas com 51,9% dos votos contra 48,1% do "Remain". Calcula-se que mais de 17 milhões de pessoas votaram a favor da saída na última quinta-feira, ou seja, cerca de 1,2 milhões a mais do que os que eram a favor da permanência.   

A decisão representou um duro golpe para o premier, David Cameron, a favor da permanência no bloco econômico europeu, que anunciou sua saída do cargo. "Os britânicos votaram pela saída e sua vontade deve ser respeitada", disse em pronunciamento na Downing Street, sua residência oficial. "A negociação deve começar com um novo primeiro-ministro", concluiu.   

Cameron não conseguiu superar a forte oposição do ex-prefeito de Londres, Boris Johnson, líder da campanha do "Leave".   

Reação dos Mercados - A Bolsas ao redor de todo o mundo, eufóricas após pesquisas de boca de urna apontarem vitória do "Remain", vêm sofrendo com o resultado oficial. A libra esterlina caiu diante do dólar, no menor valor em mais de 30 anos, enquanto uma onda de pânico percorre as principais praças financeiras do mundo.   

Na Europa, as Bolsas locais abriram com fortes baixas. Londres, por exemplo, registrava queda de 8%, Frankfurt, de quase 10%, Paris, quase 8%. Especialistas temem que a decisão possa enfraquecer o bloco, além de fomentar a saída de outras nações. Histórico - Londres assinou sua adesão ao bloco em 1973, mas aceitou apenas a parte política da UE, recusando-se mais tarde a adotar o euro como moeda oficial. O Produto Interno Bruto (PIB) do Reino Unido em 2015 foi de US$ 3 trilhões, número que o deixa atrás apenas da Alemanha na lista de maiores economias do bloco e representa cerca de 15% de tudo o que é produzido na UE. Em 2014, o Reino Unido foi o quarto maior contribuinte do bloco, atrás de Alemanha, França e Itália. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos